Testemunhos

 

A decoração deste restaurante é, de facto, diferente. As paredes estão pintadas como se fossem fachadas exteriores de casas. Há portas, telhas, janelas e parapeitos que reentram na parede e até um par de calças e dois panos pendurados num estendal improvisado. A ideia é no mínimo original e para que a sensação de pátio seja completa, até há um canário a cantar dentro de uma gaiola.

N’Dalo Rocha
lifecooler.pt

Maria Monteiro diferencia-se de outras cozinheiras alentejanas não pela originalidade das receitas que escolhe, mas pelo apuramento e a finura dos paladares que consegue, utilizando matéria-prima de primeira qualidade, confecionada co sabedoria e respeito.

Alfredo Herrias Y Mendizabal

Pedro Boucherie MendesComo nas mais belas histórias, também o Alentejo tem uma mitologia que encaiza neste narrativa. E que demonstra ignorância é imediatamente exilado para o plano daqueles que falharam a revelação. Por exemplo, alguém que não conheça A Maria do Alandroal estará muito brevemente a incorrer num crime grave. Basta citar o nome deste restaurante (que é igualzinho a centenas de outros, deixem que vos diga) para se soltar o ahhhhh colectivo de quem esteve sentado à esquerda de Deus mas regressou porque lá em cima não há Alentejo.

in "Cemitério dos Prazeres"

Pedro Boucherie Mendes